3 comentários:
De celia a 23 de Dezembro de 2010 às 22:16
É inevitavel...a culpa é nossa.... nós gostamos de lhe dar coisas, abrimos excepções diáriamente. Nos nossos dias prendas era só no Natal e anos...e agora????????
Vai com calma
recomeça...nada tá perdido.
começa a ensinar-lhe que nem sempre podemos comprar porque temos prioridades no dia a dia...se ela quer tanto vai juntando dinheiro...insentivas à poupança e ela começa a ter noção das coisas...
deixa lá...aqui em casa é quase parecido....


De Estrunfina a 24 de Dezembro de 2010 às 11:04
Mas sabes que em termos materiais eu n sou mto de lhe comprar muitas coisas (brinkedos e essas tretas). Sou mais de lhe proporcionar experiências e momentos diferentes, as férias, esse tipo de coisas.
E é aí que ela toma as coisas como certas.
Filha de pais divorciados passa o mês inteiro de agosto a laurear a pevide por tudo o que é sítio. Dizer-lhe que este ano as f+erias podem ser só de 1 semana e na 2ª semana ficamos aqui... BUM é o drama. Pfffffffffffffff... isto há dias k uma gaja se cansa mas n há como tirar folga nesta coisa de ser mãe, né!!


De Célia a 25 de Dezembro de 2010 às 20:02
Sim..tens razão...mãe nao tem folga.
O que tu fazes é extraordinário, acho que todos nós deveriamos fazer isso, proporcionar momentos inesqueciveis em vez de prendas.

O que lhe podes dizer é que tb há outras maneiras de se divertirem mesmo que nao seja a passear por varios sitios, arranjar umas boas justificações...

Mas entendo a tua situação. nao desistas ;P


Comentar post