My Moments
Loading...
Click here to create your own QuitSmokingCounter.com
Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

Má Maré

Não se pode dizer k tenha sido um fds negativo mas, n caindo na onda de Pintinho Calimero tb n foi nada do outro mundo.

Manteve-se a onda de derrotas e o Benfica perdeu bem perdido no estádio de Alvalade. Foi a primeira vez k fui ao Alvaláxia e posso dizer k fikei um bocado p o chocada. N é novidade mas choco.me smp k vejo jogos de futebol ao vivo, independentemente  do resultado ser-"me" ou n favorável.

T-shirsv - Sporting.jpg

 

Gosto de desporto, vibro com desporto, sou adepta embora n seja ferrenha. Tenho bom perder mas tb tenho bom ganhar. Ontem ainda estava 1-1 já eu dizia k o Benfica n merecía ganhar akele jogo. Anyway... tinham.me arranjado convite p a bancada Vip e, apesar de n ser preciso o aviso, fui alertada de imediato p a inconveniência de ir assumidamente Benfikista p o Estádio de ALvalade. N k me tivesse passado pela cabeça, bastou.me a experiência de receber assitência médica no Hospital de S. João, no Porto, depois de me lesionar durante um jogo, n tendo tido oportunidade de despir o ekipamento e passeando assim de cadeira de rodas ekipada de glorioso dos pés à cabeça.

No entanto, preocupava.me uma possível reacção, a um possível golo do Benfica e, antes mm do jogo começar, partilhei essa preocupação sendo novamente avisada de eventuais retaliações k poderíam advir de um simples GOLO!! entusiasmado.

Como o 1º golo do Benfica foi de penalti, foi possível conter o meu entusiasmo. No entanto, um desgraçado de um benfikista k por lá estava, teve o azar de mostrar o seu desalento kdo o Sporting marcou o 3º golo. E como?? Bantendo com as 2 mãos nos joelhos e exclamando um terrivelmente ofensivo e provocador: "PORRA!!"

O k se passou a seguir era digno de um kk programa da National Geographic sobre vida selvagem. A imagem k me fica gravada na mente é a de um grupo de animais  TOTALMENTE irracionais, a gritarem, a ameaçarem e a cuspirem p cima de uma pessoa k, na sua inocência, pensava provavelmente o mm k eu: é apenas um jogo.

Ver as expressões e a linguagem corporal dakeles homens k kuase espancavam o puto pk tinha ficado desapontado com o facto da sua ekipa ter sofrido o 3º golo, era hipnotizante. De repente, o k se passava no campo tinha perdido todo o interesse. A única coisa k importava era anikuilar akele ser k tinha cometido a provocação de existir, de...respirar.

O rapaz tentava explicar k n tinha provocado ninguém, k apenas tinha deixado escapar um simples "Porra!". De nada serviu... o puto teve mm k abandonar a bancada. N sei se foi p outro lado ou se foi embora. Eu teria ido embora e, certamente, demoraria algum tempo, como demorará, a ir ver outro jogo ao estádio.

No 2º golo do Benfica, tive k olhar 5 vezes p perceber k tinha sido golo. Foi a primeira vez k vi um golo do Benfica num estádio e n se ouviu um pio. Pudera!!

 

Nem vou falar do bonito exemplo k se dá aos putos todos k vão ao Estádio.

É assim mesmo, de pekinino é k se torce o pepino.

 

Antes k venham k os sportinguistas se sintam atacados, kero deixar bem claro k n se trata de clubismo. O mesmo se passará no estádio da Luz, no Estádio do Dragão e, masi estranho ainda, na União e Progresso da venda Nova, no Juventude da Buraka e em montes de outros clubes... n é uma kestão de Clube, é uma kestão de respeito, de formação, essencialmente, é uma kestão de civismo.

Para terminar o fim de semana em beleza, mais uma amostra do k de "melhor" a Humanidade tem p nos oferecer. Alguém decidiu k o meu carro ficava mais bonito com um risco k vai da porta traseira até ao farolim. É apenas um carro, uma coisa... Gostava mais dele sem o risco mas n é algo k me tire sono de noite mas, perceber k alguém decidiu estragar propositadamente algo k n era seu, desaponta-me, desilude-me. Serve-me a mha convicção de k a vida encarrega-se de nos dar tudo akilo k merecemos e colhemos tudo o k plantamos. Talvez por isso n em sinta castigada...é apenas um risco, é apenas chapa, é só uma coisa mas n foi um azar de alguém. Não foi uma manobra mal calculada, nem um erro de azelha... foi maldade e isso, desaponta-me.

Estrunfina às 20:58
Link | Comentar AKI
2 comentários:
De célia a 22 de Fevereiro de 2009 às 23:34
E para a pessoa sem caracter que te riscou o carro aconselho-te esta pequena reza diária:

"Que as Pulgas de mil camelos infestem o cu daquele riscou o meu carro e que os braços sejam muito curtos para o coçar"
Garantido: há-de te ir pedir desculpas pela maldade :P

Quanto ao futebol infelizmente é o desportivismo que temos....

Bjks e que a semana seja melhor do que o fim de semana (uma sportinguista :P )


De Nina a 26 de Fevereiro de 2009 às 12:52
Fui pela primeira vez ver um jogo da selecção, recentemente. Ambiente morno, quer no relvado, quer nas bancadas. Confesso que senti falta de alguma empolgação. Mas isto? Isto senhores, não é desporto. Lamento que assim seja. Talvez me fique pelos jogos da Selecção então.

Injustificável. Ass. uma sportinguista


Comentar post


Creative Commons License
Estrunfinices by Estrunfina is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Últimas Estrunfinices

OBRIGADA!!!

Por fin...

Catarse!!!

Nem mais!

Há coisas do caraitas!!!

4655 Dias de TI

RESPECT!!

A primeira aula da manhã

Suspiro FUNDO

Quer-me cá parecer que...

Baú das Estrunfinices

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Aldeia dos Estrunfes

O Divino em MIM

 

A MINHA FILHA.  O calor do sol a keimar o corpo num dia de praia. Um mergulho de mar ao luar.  Os sorrisos.  Morangoska granizada. Akela música, no momento certo.  Andar descalça sobre a relva.  O cheiro da terra molhada.  Dream Team Forever Marés vivas num dia de Inverno.  O nascer de um novo dia.   Akele olhar.  Chamusca.  Pego Escuro. Correr na praia e espantar as gaivotas.  Um sussurro k faz bater forte o coração.  O suspiro da minha filha kdo dorme.  A saudade. Gargalhadas.  A gargalhada dela.  Licores.  Avistar Lisboa da Ponte 25 de Abril.  Gelado de Dolce de Leche.  Os ABRAÇOS k transbordam a alma.  O microfone. Quando os meus alunos "Conseguem".  Andar de mão dada. Cócegas.  "AMO-TE".  Petiscadas.  A atracção.  Ilha deserta.  Sentir a minha filha dentro de mim.  Dançar.  Pasteis de Nata.  O carinho de ex-alunos. O silêncio.  O céu estrelado de uma noite quente no Alentejo.  As minis à varanda, a ver o mar. DREAM TEAM FOREVER.  O carinho da família.  Banho de mar "em pêlo".  As bolachas da mana.  A fogueira da Praia Verde.  Ver a minha filha aprender algo novo. Porto Novo.  Rir até chorar. Serra de Sintra.  Os primeiros passinhos.  Ver raios de sol "furarem" o céu nublado.  AMIG@S.  Ouvir o bater do coração.  Olhar nos olhos.  Vimeiro.  Uma massagem.  Cheirinho a casa limpa.  Golo de Portugal. O Guadiana.  Orgasmo.  Ver o pôr-do-sol sabendo k ele nasce noutro sítio ao mesmo tempo.  Amamentar.  O céu azul.  Noite quente à beira Tejo.  Papoilas.  Cheiro a maresia.  Sardinhas assadas.  Alcançar.  O brilho do sol reflectido na água.  Gaivotas.  Fazer amor na praia.  O cheirinho k fica na roupa dela .  Acordar.  Fazer "Koys" enroscadinha a ela debaixo do edredon.  Cataplana de Lagosta.  A minha filha bébé adormecer sobre o meu peito enkto mexia na mha orelha.  Lua Cheia.  Panquecas às 3 da manhã.  O Cristo Rei.  O cheiro da pele depois de fazer amor.  A casca do pessego.  A "minha" estrela.  O toke. Pistacios.  Correr com ela na praia.  As boas conversas.  Girassóis.  Concertos dos Bon Jovi. Chorar até tirar o peso do peito.  Cantar.  Coca-cola.  Rezar.  Guincho. Todas as "Good Nights".  Margarita de morango a meio da tarde na esplanada do Siesta.  Frio na barriga. Orgulho.   Dormir numa cama feita de lavado.  Beijo com língua.  Golo do Benfica.  Uma garrafa de Grandjó geladinha.  A primavera no Alentejo.  Lareira.  Póvoa Dão.  Voar.  A carta certa num jogo de Poker.  Jantar à luz das velas.  Caracóis.  Ganhar no último minuto.  Uma viola, uns acordes e amigos. Beijos no pescoço.  O 1º "Mamã".  Ver a balança a baixar.  Um cigarro ao luar.  Cheirar protector solar no Inverno.  Bolas de sabão. Fazer mergulho.  Trovoada de Verão numa noite à beira mar.  O 1º beijo.  Banho de espuma e pétalas, música certa e luz de velas. Dormir a sesta.  Lisboa à noite vista do ar.  Ramos de rosas.  Ferreira.  O sabor da água salgada na pele.  Ouvi.la cantar a plenos pulmões quando vai à pendura na mota. O vôo da cegonha.  Os jogos em "Miami Beach".  APRENDER.

 

 

 

blog1