My Moments
Loading...
Click here to create your own QuitSmokingCounter.com
Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

E n me venham chamar racista

Eu moro na mesma casa desde k nasci... Posso pedir uma nova casa à Câmara de Loures??

 

Eu tive k fazer um leasing p comprar uma miserável carrinha Skoda. Prevejo NUNCA vir a ter dinheiro p um Mercedes, um BMW, um Audi ou um Jipão seja lá de k espécie for...será k tb posso ter uma casa na Quinta da Fonte p sub-alugar ???

 

Se eu deixar de pagar as mhas hipotecas à Caixa Geral de Depósitos será k me dão uma casa nova noutro concelho??? Ouvi uma cigana sugerir Almada e Cascais. Posso apresentar preferência pela 2ª opção??? É k assim posso pedir uma renda mais alta.

 

Desculpem-me o desabafo mas...

 

 

NÃO ME FODAM!!!...

...ou pelo menos paguem-me um jantarinho e ofereçam-me umas flores 1º

 

 

Não k me keira justificar mas...eu até admiro o povo e a cultura cigana. Infelizmente, gente reles e sem vergonha há de todas as raças. Coitados dos CIGANOS pk nesta altura pagam mtos justos pelos pecadores.

 

Estrunfina às 23:21
Link | Comentar AKI
6 comentários:
De Buulacha a 24 de Julho de 2008 às 02:37
é verdade pah, concordo contigo..ainda no outro dia comentei isso com a minha mãe "e se agora nos apetecesse mudar de casa, tb podiamos nao?" enfim, vê-se com cada coisa...


De Zé da Burra o Alentejano a 24 de Julho de 2008 às 12:16
Os moradores dos bairros sociais são fundamentalmente antigos moradores em "bairros de lata" que foram realojados em virtude dos locais que habitavam terem sido ocupados por vias de circulação, CRIL, CREL, novas Avenidas de Lisboa, a "Expo", etc.
Não é política corrente o Estado dar casa aos pobres. Muitos dos moradores dos antigos "bairros de lata" ocupavam há muitas décadas esses locais sem a oposição do proprietário e teriam até direito por uso/capião aos terrenos que ocupavam.

Mas adiante!

Devemos evitar a referência a etnias, raças, nacionalidades, cor da pele sob pena de podermos ser apelidados de racistas ou xenófobos. Mas isso não quer dizer que haja a chamada "discriminação positiva" que desresponsabiliza e desculpabiliza os actos criminosos.

Uma lei muito simples poderia ser implementada, e que NEM SEQUER PODERIA SER CONOTADA COM QUALQUER TIPO DE DISCRIMINAÇÃO RACISTA OU XENÓFOBA: Porque não cria o Governo uma lei que expulse automaticamente dos bairros sociais todos os indivíduos condenados por certo tipo de crimes, como: por tráfico de droga, de armas, assalto à mão armada? Acho, além disso, que o vandalismo contra o património público também deveria ser um motivo para expulsão de bairros sociais.

A medida serviria simultaneamente para melhorar o ambiente dos bairros sociais e reduzir o crime em geral: dentro e fora dos bairros. É indigno que algumas pessoas já recebam a nossa solidariedade e depois se portem como muitas vezes todos nós constatamos.

Há muita gente honesta e trabalhadora nos bairros sociais que está neste momento "refém" dos bandos e grupos de criminosos (não importa referir a etnia ou raça).

Quando acontece um crime no bairro ninguém sabe de nada; ninguém viu nada. Sabem porquê? Será falta de solidariedade? Não! É medo, medo de represálias.

Os criminosos não devem ser premiados com uma habitação social; quanto muito uma cela seria o "prémio".

Zé da Burra o Alentejano


De Estrunfina a 24 de Julho de 2008 às 15:14
Plenamente de acordo!!


De célia a 25 de Julho de 2008 às 09:09
São horríveis estas injustiças. para nós os contribuintes que não nos perdoam um centavo. Fico f… da minha vida.

Eles só pagam 4.00€ por mês de renda e é os que pagam, depois autodesalojam-se para conseguir casas melhores e têm a grande lata de exigir (palavras deles), outra habitação.

Isto tudo depois de apresentarem:

- Armas (que não se deve comprar com 0.5€, ai desculpem…. foi oferta, vinha junto com a casa, os ricos podem por alarmes eles para proteger os bens deverão ter a protecção primária – armas);

- Plasmas (eu não tenho);

- DVD (tenho dos mais rascas , não me queixo porque é um espectáculo);

- Playstations para as criancinhas (o meu filho não tem),

- já para não falar nos carros.

Proponho, que em vez de novas habitações, ensinem-lhes o que é a diplomacia, civilidade, sociabilização entre raças.

Caso, seja realizada a exigência das novas casas, então também os nossos velhotes com pensões de m…. deverão exigir oferta de medicamentos, oferta de assistência médica gratuita, oferta de alguém que tome conta deles durante o dia sem cobrar um centavo.


De Estrunfina a 25 de Julho de 2008 às 10:28
O problema é k se alguém diz alguma coisa destas publicamente... RACISTA!!
E não esta é uma kestão k nada tem a ver com Raças.


De célia a 25 de Julho de 2008 às 15:22
Essa é que é essa...


Comentar post


Creative Commons License
Estrunfinices by Estrunfina is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Últimas Estrunfinices

OBRIGADA!!!

Por fin...

Catarse!!!

Nem mais!

Há coisas do caraitas!!!

4655 Dias de TI

RESPECT!!

A primeira aula da manhã

Suspiro FUNDO

Quer-me cá parecer que...

Baú das Estrunfinices

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Aldeia dos Estrunfes

O Divino em MIM

 

A MINHA FILHA.  O calor do sol a keimar o corpo num dia de praia. Um mergulho de mar ao luar.  Os sorrisos.  Morangoska granizada. Akela música, no momento certo.  Andar descalça sobre a relva.  O cheiro da terra molhada.  Dream Team Forever Marés vivas num dia de Inverno.  O nascer de um novo dia.   Akele olhar.  Chamusca.  Pego Escuro. Correr na praia e espantar as gaivotas.  Um sussurro k faz bater forte o coração.  O suspiro da minha filha kdo dorme.  A saudade. Gargalhadas.  A gargalhada dela.  Licores.  Avistar Lisboa da Ponte 25 de Abril.  Gelado de Dolce de Leche.  Os ABRAÇOS k transbordam a alma.  O microfone. Quando os meus alunos "Conseguem".  Andar de mão dada. Cócegas.  "AMO-TE".  Petiscadas.  A atracção.  Ilha deserta.  Sentir a minha filha dentro de mim.  Dançar.  Pasteis de Nata.  O carinho de ex-alunos. O silêncio.  O céu estrelado de uma noite quente no Alentejo.  As minis à varanda, a ver o mar. DREAM TEAM FOREVER.  O carinho da família.  Banho de mar "em pêlo".  As bolachas da mana.  A fogueira da Praia Verde.  Ver a minha filha aprender algo novo. Porto Novo.  Rir até chorar. Serra de Sintra.  Os primeiros passinhos.  Ver raios de sol "furarem" o céu nublado.  AMIG@S.  Ouvir o bater do coração.  Olhar nos olhos.  Vimeiro.  Uma massagem.  Cheirinho a casa limpa.  Golo de Portugal. O Guadiana.  Orgasmo.  Ver o pôr-do-sol sabendo k ele nasce noutro sítio ao mesmo tempo.  Amamentar.  O céu azul.  Noite quente à beira Tejo.  Papoilas.  Cheiro a maresia.  Sardinhas assadas.  Alcançar.  O brilho do sol reflectido na água.  Gaivotas.  Fazer amor na praia.  O cheirinho k fica na roupa dela .  Acordar.  Fazer "Koys" enroscadinha a ela debaixo do edredon.  Cataplana de Lagosta.  A minha filha bébé adormecer sobre o meu peito enkto mexia na mha orelha.  Lua Cheia.  Panquecas às 3 da manhã.  O Cristo Rei.  O cheiro da pele depois de fazer amor.  A casca do pessego.  A "minha" estrela.  O toke. Pistacios.  Correr com ela na praia.  As boas conversas.  Girassóis.  Concertos dos Bon Jovi. Chorar até tirar o peso do peito.  Cantar.  Coca-cola.  Rezar.  Guincho. Todas as "Good Nights".  Margarita de morango a meio da tarde na esplanada do Siesta.  Frio na barriga. Orgulho.   Dormir numa cama feita de lavado.  Beijo com língua.  Golo do Benfica.  Uma garrafa de Grandjó geladinha.  A primavera no Alentejo.  Lareira.  Póvoa Dão.  Voar.  A carta certa num jogo de Poker.  Jantar à luz das velas.  Caracóis.  Ganhar no último minuto.  Uma viola, uns acordes e amigos. Beijos no pescoço.  O 1º "Mamã".  Ver a balança a baixar.  Um cigarro ao luar.  Cheirar protector solar no Inverno.  Bolas de sabão. Fazer mergulho.  Trovoada de Verão numa noite à beira mar.  O 1º beijo.  Banho de espuma e pétalas, música certa e luz de velas. Dormir a sesta.  Lisboa à noite vista do ar.  Ramos de rosas.  Ferreira.  O sabor da água salgada na pele.  Ouvi.la cantar a plenos pulmões quando vai à pendura na mota. O vôo da cegonha.  Os jogos em "Miami Beach".  APRENDER.

 

 

 

blog1