My Moments
Loading...
Click here to create your own QuitSmokingCounter.com
Domingo, 30 de Novembro de 2014

Oremos Senhor

Ahhhhhhhhhhh aquele momento em que regresso a casa, às 4:30 da manhã, estoirada depois de 1 semana de trabalho na escola, mais 2 noites de animação e um sábado de desporto escolar, aquele momento em que os carneirinhos saltam alegremente à volta da mha cabeça e eu tento pontapeá-los de modo a conduzir seguramente até casa e... 

 

....a luzinha do motor acende no tablier e o carro vai abaixo em plena IC17.

Ohh happy day!!!!

Depois de o deixar descansar ele lá pegou novamente e seguiu até casa com a luz apagada.

Encontra-se internado à espera do diagnóstico do Dr e eu sinto que estou à beira de uma crise de ansiedade só de pensar no valor da reparação.

 

 

 

Estrunfina às 20:55
Link | Comentar AKI
Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Amada

"Amo-te" pode ser uma palavra única capaz de despertar o mais profundo sentimento e transformar toda uma alma mas tb pode ser uma mera sucessão de letras ou sons.

A parte difícil é trazer a paz ao coração todos os dias.

Simplificar o difícil.

Relativizar a dor.

Fazer sorrir.

Aquecer o peito e alma.

Fazer da vida um lugar melhor para alguém.

Amar é fazer feliz quem se ama.

Dar esperança e fazer sonhar mais alto, acreditando que o sonho está ao alcance.

: Ed Sheeran - Thinking Out Loud
Estrunfina às 08:36
Link | Comentar AKI
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2014

Ainda o campeonato vai "no adro"

Lola 1 - Carregador de Iphone 0 Dentadinha certeira!!! ARGHHHHHHHHHHHHH

Estrunfina às 22:09
Link | Comentar AKI
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

Aiaiai é amoooooooooooorrrrrr

Estrunfina às 17:41
Link | Comentar AKI

Uma questão de saúde pública

Deitar-me às 5 da manhã.

Meter o despertador p as 9:30.

Acordar às 8:15.

Pelo meio ter acordado p ir ao wc... isto faz de mim o quê??

 

 

: Calvin Harris - Blame
Estrunfina às 10:41
Link | Comentar AKI
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2014

Uma vida...um amor

A chuva a cair lá fora, torrencialmente.

Eu com um pijama felpudo e pantufas.

O sofá, uma manta, a tv e, quis a sorte, uma reposição de "Amor em tempos de cólera", do Gabriel

Garcia Marques com Javier Bardem. 

Perfect!!

E hj descobri esta música da Shakira. 

Estrunfina às 17:42
Link | Comentar AKI
Segunda-feira, 10 de Novembro de 2014

...

 

Estrunfina às 19:21
Link | Comentar AKI
Sábado, 8 de Novembro de 2014

Não há palavras!!!

PB080141.JPG

 

Estrunfina às 14:30
Link | Comentar AKI
Quinta-feira, 6 de Novembro de 2014

Aqui sou sempre tãooooo feliz!!!!

Dei-me ao trabalho de ir ao arquivo deste blog procurar a 1a vez que me refugiei 2 noites no sítio que se veio a revelar o meu santuário. Fez em Maio 4 anos a primeira visita.

Até hoje já foram muitas (n as suficientes) as visitas e sempre que posso, repito.

Muitas vezes tento encontrar alternativas. Existem, mas nada que me encha as medidas desta forma.

Este fds regressei. Uma fugidinha de apenas uma noite mas, sabe sempre tão bem.

Adormecer e acordar com o barulho das ondas tem um efeito terapêutico. A simples contemplação do mar revolto, das ondas enormes, a rebentarem violentamente, acalma-me e recupera-me a alma.

Já há rotinas associadas a estas escapadinhas e isso é um dos principais motivos de ser tão difícil substituir este refúgio.

Os chás à varanda e os gins com pistacios, o snooker, os passeios de bicicleta junto ao rio, as caminhadas no areal deserto, o pequeno almoço com vista p o mar seguido do regresso à cama para mais uma hora de sono (pelo menos)...

Revigorada é como volto. Depois vem a 2ª feira e Fonfonfonfonnnn.....estaca zero, again.

 

 

: Paciência - Lenine
Estrunfina às 21:45
Link | Comentar AKI
Terça-feira, 4 de Novembro de 2014

Arrelia-me, fazer o quê??

Se há coisa que me faz uma comichão muito semelhante a uma micose fungica é a mania da superioridade.

Qualquer mania da superioridade me faz comichão mas há uma em particular k me faz entrar em modo candidíase grave. Basicamente é a mania da superioridade por status. Digo status pk, na maioria das vezes, kdo se investiga mto a fundo a coisa, nem tem nada a ver com dinheiro (k é o k poderia tratar-se à 1ª vista). No entanto, apesar do status aparentar uma superioridade financeira destes especimes, frequentemente, quando virados do avesso n deixam cair moeda e, não raras vezes, devem mais dinheiro que um pequeno país da Africa Central.

De tempos a tempos, calha-me trabalhar num ambiente desses. Expontaneadade é algo praticamente inexistente. E depois akele ar altivo de Suas Magestades de coisa nenhuma, que se tratam a todos por tias e tios e "você sabe lá".... 

Já fiz muita coisa na vida. Tantas e tão distintas que à vezes acho surreal. O que faço, no que trabalho, não me define. A tarefa é irrelevante pk a pessoa é a mesma. 

Infelizmente, há quem não veja assim as coisas. Há gente muito mesquinha, Graças a Nossa senhora do folhado de salsicha.

Se eu for a parva do microfone é uma coisa.

Se eu for a senhora professora, é outra.

A questão é que eu sou o que sou e tão depressa sou a senhora professora como a seguir posso ser a miuda atrás do bar, ou de esfregona na mão ou... whatever, SOU SEMPRE EU!! A forma como sou tratada deverá ser igual e baseada no que sou e não no papel que desempenho. O respeito que exijo, exijo-o enquanto ser humano não enquanto mulher ou profissional ou seja lá o k for.

Quanto à realeza do pé furado, p além de me "arreliar", inspira-me pena pela pobreza de espírito.

 

 

 

 

Estrunfina às 15:41
Link | Comentar AKI

4 anos...still counting

Ahh pois é!!

4 anos sem fumar e sem gastar dinheirinho em tabaco.

Um orgulho imenso neste feito e no exemplo criado para a prole

 

I stopped smoking on Wed, 27 Oct 2010 22:59:00 GMT.
It has been 209 weeks, 5 days, 11 hours, 39 minutes and 36 seconds since I quit.
I have saved € 3495 by choosing not to smoke 20558 cigarettes.
More importantly, I saved 22 weeks, 3 days 1 hours 6 minutes of my life!
Estrunfina às 10:32
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)

Creative Commons License
Estrunfinices by Estrunfina is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Últimas Estrunfinices

OBRIGADA!!!

Por fin...

Catarse!!!

Nem mais!

Há coisas do caraitas!!!

4655 Dias de TI

RESPECT!!

A primeira aula da manhã

Suspiro FUNDO

Quer-me cá parecer que...

Baú das Estrunfinices

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Aldeia dos Estrunfes

O Divino em MIM

 

A MINHA FILHA.  O calor do sol a keimar o corpo num dia de praia. Um mergulho de mar ao luar.  Os sorrisos.  Morangoska granizada. Akela música, no momento certo.  Andar descalça sobre a relva.  O cheiro da terra molhada.  Dream Team Forever Marés vivas num dia de Inverno.  O nascer de um novo dia.   Akele olhar.  Chamusca.  Pego Escuro. Correr na praia e espantar as gaivotas.  Um sussurro k faz bater forte o coração.  O suspiro da minha filha kdo dorme.  A saudade. Gargalhadas.  A gargalhada dela.  Licores.  Avistar Lisboa da Ponte 25 de Abril.  Gelado de Dolce de Leche.  Os ABRAÇOS k transbordam a alma.  O microfone. Quando os meus alunos "Conseguem".  Andar de mão dada. Cócegas.  "AMO-TE".  Petiscadas.  A atracção.  Ilha deserta.  Sentir a minha filha dentro de mim.  Dançar.  Pasteis de Nata.  O carinho de ex-alunos. O silêncio.  O céu estrelado de uma noite quente no Alentejo.  As minis à varanda, a ver o mar. DREAM TEAM FOREVER.  O carinho da família.  Banho de mar "em pêlo".  As bolachas da mana.  A fogueira da Praia Verde.  Ver a minha filha aprender algo novo. Porto Novo.  Rir até chorar. Serra de Sintra.  Os primeiros passinhos.  Ver raios de sol "furarem" o céu nublado.  AMIG@S.  Ouvir o bater do coração.  Olhar nos olhos.  Vimeiro.  Uma massagem.  Cheirinho a casa limpa.  Golo de Portugal. O Guadiana.  Orgasmo.  Ver o pôr-do-sol sabendo k ele nasce noutro sítio ao mesmo tempo.  Amamentar.  O céu azul.  Noite quente à beira Tejo.  Papoilas.  Cheiro a maresia.  Sardinhas assadas.  Alcançar.  O brilho do sol reflectido na água.  Gaivotas.  Fazer amor na praia.  O cheirinho k fica na roupa dela .  Acordar.  Fazer "Koys" enroscadinha a ela debaixo do edredon.  Cataplana de Lagosta.  A minha filha bébé adormecer sobre o meu peito enkto mexia na mha orelha.  Lua Cheia.  Panquecas às 3 da manhã.  O Cristo Rei.  O cheiro da pele depois de fazer amor.  A casca do pessego.  A "minha" estrela.  O toke. Pistacios.  Correr com ela na praia.  As boas conversas.  Girassóis.  Concertos dos Bon Jovi. Chorar até tirar o peso do peito.  Cantar.  Coca-cola.  Rezar.  Guincho. Todas as "Good Nights".  Margarita de morango a meio da tarde na esplanada do Siesta.  Frio na barriga. Orgulho.   Dormir numa cama feita de lavado.  Beijo com língua.  Golo do Benfica.  Uma garrafa de Grandjó geladinha.  A primavera no Alentejo.  Lareira.  Póvoa Dão.  Voar.  A carta certa num jogo de Poker.  Jantar à luz das velas.  Caracóis.  Ganhar no último minuto.  Uma viola, uns acordes e amigos. Beijos no pescoço.  O 1º "Mamã".  Ver a balança a baixar.  Um cigarro ao luar.  Cheirar protector solar no Inverno.  Bolas de sabão. Fazer mergulho.  Trovoada de Verão numa noite à beira mar.  O 1º beijo.  Banho de espuma e pétalas, música certa e luz de velas. Dormir a sesta.  Lisboa à noite vista do ar.  Ramos de rosas.  Ferreira.  O sabor da água salgada na pele.  Ouvi.la cantar a plenos pulmões quando vai à pendura na mota. O vôo da cegonha.  Os jogos em "Miami Beach".  APRENDER.

 

 

 

blog1