My Moments
Loading...
Click here to create your own QuitSmokingCounter.com
Domingo, 31 de Agosto de 2008

Adeus Férias

Estrunfina às 23:20
Link | Comentar AKI

Concursos de Professores

Este e já o 2º ano livre de stress nesta altura. Da última vez, o resultado foi o melhor possível e, vai p 3 anos k me mantenho numa escola a 7 Km da mha casa, destacada por aproximação à área de residência, o k significa k há 2 anos k n tenho necessidade de concorrer.

Ontem lembrei o desespero, a angústia, as náuseas k se sentem no dia em k saiem os resultados. Só kem passa por isso é k tem noção.

Lembro k, no ano em k estava grávida, já sentia a barriga dormente de tanto pontapé k a Pipoca me dava devido ao stress k sentia. Às vezes nem temos noção da nossa ansiedade mas, nesse ano, a mha filhota tratou de me lembrar. Passou um dia e uma noite inteira, acordada, a pontapear-me insistentemente, causando-me ainda um mau estar pior. E tudo sossegou no momento em k soube k estava colocada.

Aí é altura de virar cadeiras, ir pá janela gritar, saltar em cima da cama, ligar p a família e amigos a chorar de alegria...

Repito...só kem passa!!!

P o ano vou ter k concorrer obrigatoriamente e, no pior dos cenários, poderei ter k voltar 4 anos p o Alentejo... sem a mha filha.................devido à lei da atracção, este assunto fica por aki.

Anyway....

 

 

A mha solidariedade aos milhares de profs desempregados k agora terão k se sujeitar a uma espécie de sopinha dos pobres onde, em vez de sopa recebem umas horinhas de trabalho.

Estrunfina às 10:27
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)
Sábado, 30 de Agosto de 2008

Há k assinalar

Ontem recebi o meu 1º comentário de ódio aki no blog.

Tive pena de o ter apagado pk agora n o consigo reproduzir. No entanto, envolvia mandarem.me fornicar de várias formas e feitios e em vários orifícios (sendo k algumas sugestões foram devidamente aproveitadas e outras nem por isso pk n sou mto apreciadora do género). E eis k me dei ao trabalho de dedicar vários minutos (talvez 2 + o tempo k demorarei a escrever este post) a pensar nisto.

Ao "Jovem" k deixou neste post o 1º comentário de ódio deste blog, os desejos de rápidas melhoras e de uma vida sexual mais activa k n implike andar a deixar ordinarices nos blogs alheios p conseguir atingir o climax... ahh, e já agora, Comentários PRÉ-APROVADOS...ring a bell????

 

 

Estrunfina às 16:03
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)

Oh Brankinha...

 

... e se fosses levar na anilha????

Se hj te apanhasse levavas um enxerto de porrada assim k assobiasses a primeira vez.

 

 

ACABEI AS LIMPEZAS!!!

 

Estores, cortinados, janelas, chaminé, azulejos, chão, gavetas, bancadas, móveis, sofás, lavei a roupa das nenucos todos, meti os peluches na mákina de lavar, k entretanto ficou sem a porta (mais uns trocos p gastar)... ESTOU K NEM POSSO!!

 

A piolha está de volta, mais cedo do k era suposto, pk já n aguentava de saudades. Ontem ligou a soluçar, k keria vir p casa. Partiu-me o coração!! Era p voltar só amanhã ao final do dia.

 

 

 

Tinha tudo programado p acabar as limpezas, ir à compras e ter tudo prontinho kd ela xegasse. Lá se foram as compras pk, enfiar.me num hipermercado com ela, na altura do regresso às aulas, é um autêntico suicídio.

Anyway... Mission Acomplished (Oh prima é assim k se escreve??)!!!

Tenho tudo num brinkinho e parte-me o coração saber k p a semana já vai estar tudo com pó outra vez mas, esta organização temporária faz-me sentir animada p começar um novo ano lectivo.

É já na 2ªf  Venham eles pk, ao fim de 8 anos de serviço, e de algumas cabeçadas na vida, já sei k o k n nos mata torna-nos mais fortes.

 

Estrunfina às 15:43
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)
Sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

Uma vantagem em morar na Amadora

Deu-me na veneta e decidi mandar p o lixo 2 estatuetas k aki tinha desde k p aki vim morar.

N sei pk, smp k olhava p akeles 2 marinheiros sentia uma bad vibe. Faziam.me lembrar o passado e acabava smp por lhes limpar o pó rapidamente e desviar o olhar, tentando distrair-me rapidamente.

O bom das "tais" limpezas é k nos dão akelas venetas e vá de mandar tralha (p n dizer aki merda pk fica mal) fora. Axo k é pk uma gaja já tá tão farta de limpar coisas k acaba por n se importar nada kdo um bibelot se parte ou kdo, ao sacudir o golfinho de peluche repara k sacudiu com força a mais e acabou por lhe vazar uma vista.

Ora, se um golfinho de peluche, prenda do 18º aniversário dum gajo com kem trabalhei 15 dias e nunca mais vi na vida, já n é mto aceitável aki no burgo, um golfinho de peluche VESGO é inadmissível.

Vai daí, agarrei no Capitão Iglo, no Pirata Perna de Pau e no golfinho vesgo e vá de os levar p o lixo. Mas, deitá.los no Molok dava-me pena, no eco-ponto deixava-me dúvidas. Foi então k me ocorreu... paragem de autocarro!!

Devia ter tirado uma foto pk, enkto me afastava no carro axei k estavam tão lindos, os 3, alinhadinhos no bankinho da paragem.

E eis k xego à vantagem de morar na Amadora. Depois de um breve jantar regressei a casa e, das 2 uma, ou apanharam os 3 a camioneta pó Metro da Falagueira e daí foram curtir a night ou...alguém ganhou o dia!!

So long, Velhas Karkaças...

Devíam era fazer uma campanha de trocas p estas coisas

 

 

 

 

Estrunfina às 01:08
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)
Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008

Limpezas Grandes

 

 

Merda pós bichos aki na amadora!!  N há um único k se xegue à frt p me ajudar seja no k for.

Tá bem k n há eskilos mas há pombos a dar cum pau e pardais...mas estes daki só sabem cagar-me os parapeitos das janelas...

Depois é claro k a ranhosa da Branca de Neve tá ali freskinha k nem uma alface e xeia de vontade de andar a cantar pela casa.

Eu já tenho uma dor de cabeça há 2 dias à pala do cheiro do pronto. Axo k por mais banhos k tome ou por mtos bons perfumes k use, o meu cheirinho nos próximos dias é a PRONTO LIMPA MÓVEIS!!!

Estrunfina às 19:26
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)
Terça-feira, 26 de Agosto de 2008

Perdi ainda mais a cabeça

e trokei por

 

A seguir compro esta

 

 e não tarda estou a fazer casamentos e baptizados!!

 

 

Estrunfina às 19:17
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)
Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

Perdi a cabeça

 

E logo a seguir deixei cair o tlm ao chão e fikei sem ele. É bom saber k Deus n dorme e faz kestão de me lembrar o meu lugar e a doida k sou em gastar dinheiro num miminho desnecessário p brincar e ficar feliz..

 

 

PS - Aviso a navegação - PERDI O TLM E COM ELE UMA DATA DE NÚMEROS DE TELEFONE POR ISSO SE RESPONDER DE FORMA MAIS ORDINÁRIA DO K A K JÁ SE ACOSTUMARAM É PK ESTOU A CONFUNDIR-VOS COM OUTRA PESSOA. THANKS!!

 

PS - Compro Tlm Nokia desblokeado à Vodafone por um preço em conta.

Estrunfina às 14:48
Link | Comentar AKI

Férias...o After Filha

Xegou a altura de deixar a casinha de Armação e combinar com o Papá a entrega de "testemunho". As saudades eram mútuas e ambos keriam estar um c o outro. Eu estava dividida...se por um lado akeles 15 dias juntas uniram.nos mto e estava completamente habituada ákele blablabla infindável e ákelas perguntas constantes, por outro lado keria descansar um pouco, curtir uma praia na posição horizontal por mais de 30 seg seguidos, n ter k fazer almoços nem jantares se n me apetecesse e poder beber umas caipiroskas à vontade, sair p dançar, etc.

No entanto, e apesar de já ter as malas todas no carro pronta a arrancar em direcção à Capital, eis k xegam os primos prontos p nos render em Armação, carregadinhos de animação  e vontade de conviver um pouco e atenuar as saudades. N contente com a animação da prima, vá de ir comprar vodka e limas e animar a noite com um jarrão de caipiroska. A petiscada foi valente  e a casa acabou por virar um fucking boat (palavras da prima enkto tentava alcançar o kuarto). Acabei por arroxar no sofá, n sem antes ter feito planos p aproveitar + um dia de férias em terras algarvias.

Dia seguinte, bem cedinho e ainda com a vista meio turva e a cabeça a pesar 4 toneladas, foi tempo de rumar a Faro p apanhar o barkinho p, o tão desejado, regresso à Ilha Deserta.

. Viagem de barco fantástica

e depois um dia inteirinho de

 

 ao kual se juntaram + tarde  umas ktas amigas k vieram em peregrinação. E eis k já deitada no areal me lembro da mha amiga Avioneta: "Será k...?!?! Onde andas, gaja!?!?! Mte Gordo??? Jantar & Dormida p 2, arranjas??? OK! Até logo, então."

 

 Sair do barco e rumar ao "aeroporto" da Avioneta. Matar saudades da sobrinha k tá linda e enorme e, apesar do cansaço e da animação da noite anterior, rumar a Mte Gordo p mais uma noite de copos bem animada. O dia seguinte foi de relax e recuperação. Depois de uma rica sesta, arrancar direito a Alcoutim p novo encontro com as amigas peregrinas.

Deslumbrei-me com  Alcoutim. N conhecia e recomendo vivamente. Ainda houve tempo p um mergulho na água kente da praia fluvial.

 

                

Depois... o ponto mais alto das férias.

Apanhámos um pekeno barkinho, k tava a ver k virávamos com o nosso grupinho de 9, atravessámos o rio e fomos jantar a Espanha, na outra margem.

 

Tapas k, surpreendentemente, estavam deliciosas. Axo k foi a primeira vez k comi bem em terras de nuestros hermanos.

A noite estava deliciosa. Kente mas com akela brisa freskinha k passa de kdo em vez. A lua...linda. Ao lado da esplanada, por baixo das palmeiras da foto ali em baixo, 2 tipos tocavam viola e cantavam. Pouco foi preciso p estarem sentados na nossa mesa, com copos à frt, a tocarem akeles clássicos da viola. Ficou-me na memória um valente jamming no "No Woman, No Cry" do Bob Marley. A certa altura já vários moradores se tinham juntado ali p assistir ao "show" improvisado", batendo palmas smp k acabávamos uma música.

Foi uma dakelas noites k agradecemos ter vivido.

 

Os músicos, o Chris e o Peter, eram estrangeiros: um inglês e um americano, k andavam num barco a dar a volta ao Mundo. Tinham vindo das Honduras, passaram pelas Baleares e nem sabíam bem como, tinham vindo parar a Alcoutim ou, mais precisamente, em Sanlúcar de Guadiana. Um bocado como eu (com uma ligeira diferença na escala). Andava à deriva desde domingo e, sem kk tipo de planos, estava a viver coisas fantásticas.

 

 

Foi hora de regressar e o abrigo dessa noite e da noite seguinte foi das amigas peregrinas.

O jacuzzi era apetecível mas começava a ficar constipada e por isso recusei a aguinha borbulhante a 30ºC mas no dia seguinte já estava melhor e foi altura de ir à aventura de moto 4, no meio da Serra Algavia. A Rivi já está velhinha mas ainda dá p os gastos.

Ohhh What a Feeling!!!

 

 

Alguma poeira depois, chegámos a um sítio chamado "Pego Escuro". Basicamente uma lagoa, no meio do nada com água kentinha... deliciosamente selvagem. Regresso a casa, e foi noite de gajas com dto a snooker e campeonato de matrecos. Ahhh... e + caipiroskas

Dia seguinte... Minas de S. Domingos. Umas velhas conhecidas onde, com grd surpresa. encontrei já mto mais gente do k era habitual. O turismo já mexe nakela zona.

O dia passou-se entre natação entre as ilhas, viagens atribuladas de insuflável, papo p o ar e o convívio. No dia seguinte n havia músculo k n me doesse.

Hora de zarpar de encontro ao MEU alentejo. O jantar foi o inevitável Javali Estufado seguido da bela da sericaia.

 

 

Tempo para matar as saudades da família e dos amigos. Altura p fumar um cigarro no meu terraço, admirando as estrelas e lembrando tempos passados.

O regresso já era desejado e, apesar das solicitações, 5 dias depois da 1ª tentativa, rumei a casa. Rumei a casa com a sensação de umas férias excelentes, de coração a transbordar e...

 

 

sem vontade nenhuma de fazer as arrumações e limpezas k tenho p fazer

Estrunfina às 09:43
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)
Domingo, 24 de Agosto de 2008

Férias & Filha

Depois do ano passado termos tido umas férias um bocado merdosas por n termos saído de Lisboa e de, no ano antes, tb n termos ido p lado nenhum as 2 pk decidi k precisava de ter umas férias avacalhadas em jeito de "Sai de Mim Coisa Ruim", este ano decidi dar prioridade à piolha. Assim, desunhei-me p conseguir alugar a casinha no Algarve onde poderíamos fazer praia e piscina, e estar sugaditas num namoro pegado.

E assim foi.

Para a história fica o facto de ter finalmente aprendido a nadar com braçadeiras, de saltar pá piscina e meter a cabeça debaixo de água e de, nadar debaixo de água. Eu sei k isto parece exagero mas, são factos. Bastou na 1ª tarde dar de caras com uma miudita de 7 anos com braçadeiras e ver as habilidades k ela já fazia p arregaçar as mangas e lançar-se ao trabalho. (n sei a kem ela sai a pensar "Se ela consegue eu tb hei-de conseguir...e melhor!!"). Acabou por sair-se mesmo bem pk nem precisava de tapar o nariz kdo mergulhava, como as miudas apaneleiradas fazem (k me desculpem todas as k tapam o nariz mas...ISSO É PANELEIRICE).

Para a história fica ainda a brilhante prestação do meu rebento nas camas elásticas no parke de diversões. Caraças pá miúda k é o orgulho da mãe.

 

 

Tb houve dto à visitinha da praxe ao Zoomarine k, apesar de caro p burro (23€ / adulto) já se começa a parecer com um "grande" parque de diversões ao género de Isla Mágica. As filas pelo menos fizeram-me relembrar tempso antigos de Expo 98, Eurodisney, Parque Asterix... aiaiiiiiiii.

Se já tinha sido difícil segurar a lagriminha de mãe babada nessas prestações atléticas pois k n me consegui conter na prestação artística da mha mais k tudo.

Restaurante "El Panchito", junto à Marina de Albufeira, dakeles onde há lista de espera p conseguir uma reserva em Agosto. Um palco, uma banda cubana e... a minha filha, a mais nova tocadora de maracas. Começou assim, de uma forma mto soft e algo tímida.

 

 

 

 

45 longos segundos depois, a convite da banda, já estava assim.

 

 

A actuação durou cerca de 1h30m (sim, 1 hora e 30 minutos eu n me enganei), fazendo apenas uma pekena pausa  kdo a banda fez o intervalo da praxe.

Mostrava o ar mais concentrado k alguma vez lhe tinha visto e aprendeu os passos num instantinho. Mambos e lunges, voltas...um fartote akela coreografia, e as maracas nunca pararam de bombar. Arriscou ainda acompanhar as cantorias mas o espanhol n lhe é mto acessível (ainda). No entanto, com ar de grande responsabilidade, agradecia os aplausos ao microfone com o mais angelical "Obrigada" k já lhe ouvi.

 

Sei k isto parece conversa de mãe babada... e É. Babada, babadíssima, babadérrima com dto a keixinho a tremer e lagriminha a rolar pela cara abaixo.

Fui eu k fiz e, por vezes com grds dificuldades, sou eu k educo. Embora assustador, é um verdadeiro milagre esta coisa da procriação, principalmente kdo nos revemos tanto nakela coisinha pikinina.

N é um mero pedacinho de mim, é o meu tudo e, apesar de me deixar de nervos em franja, apesar de me fazer mtos cabelos brancos, é a melhor razão da mha existência. Só por ela, tudo vale a pena. 

 

 

Estrunfina às 12:59
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)
Sábado, 23 de Agosto de 2008

As férias - Parte I

Sou uma gaja despassarada. P kem me conhece isso n é novidade nenhuma.

Por outro lado, ODEIO aliás ABOMINO fazer malas. Mesmo k seja p ir de férias.

Desde k estive 1 ano a trabalhar no Alentejo e a ter k fazer malas kuase todas as semanas, o simples acto de pegar nas ditas já me provoca urticária.

No entanto, independentemente de tudo isso, o facto de ser despassarada torna sempre o processo de fazer as malas uma coisa do outro Mundo.

Nem seker vou abordar aki a kestão da roupa e dos sapatos. Nisso sou igual à grd parte das Gajas, levo smp roupa e sapatos p 6 meses. Este Verão, passeei literalmente os meus 3 pares de Crocs pelo Algarve pk nem xegaram a sair de dentro da mochila dos sapatos.

Anyway...o k me faz escrever hj é mm o Necessaire ou, como algumas pessoas chamam, o Fim-de-Semana. O Necessaire é o local onde se levam as coisas NECESSÁRIAS e ESSENCIAIS  para uma viagem e o meu parece-se com este

 

 

Aki é suposto eu levar um montão de coisas essenciais mas, frekuentemente sempre eskeço alguma coisa. Desta forma, este ano, dedikei-me de alma e coração ao meu Necessaire p k nada me faltasse.

Passo a enumerar o k lá meti:

 

  • Tampões e Pensos Higiénicos (surpreendentemente previ k me iría aparecer o período e assim n era preciso ir comprá.los no Algarve ao preço de petróleo ou ter k me sujeitar aos OBs sem aplicadork tanto odeio);
  • Comprimidos p as dores menstruais (kdo em lembrei de meter isto no necessaire kuase me vieram as lágrimas aos olhos de tão atinadinha k estava);
  • Bandas de cera depilatória para os malandrecos k começassem a espreitar mais cedo;
  • Gel e Espuma p o cabelo p se kisesse produzir-me mais um cadinho numa saída nocturna;
  • Escova p o cabelo;
  • Escovas e Pastas de Dentes;
  • Gilettes (o pelinho da axila n vai lá com cera);
  • Pinça (é óbvio o kto eu odeio pelos, right??)
  • Creme Hidradante p a cara;
  • Creme Hidratante p os calcanhares;
  • Perfume;
  • Cotonetes;
  • Corta-Unhas;
  • Shampoo, Amaciador e Gel de Duche;
  • et voilá, a cereja no topo do bolo... termómetro p o caso da pipoca ficar doente (aki posso afirmar k n consegui conter a lagrimita de orgulho).

 

Até eu estou surpreendida com a kuantidade de coisas k consegui ali enfiar, mas... kdo me dedico de alma e coração a alguma coisa, os resultados são smp surpreendentes.

Anyway...

 

Nunca ninguém se orgulhou tanto de um necessaire como eu me orgulhei deste k preparei p as férias. Nada parecía faltar, tudo parecía perfeito até ákele instante maravilhoso em k estou a passar as portagens da A2, no Algarve, e k nem um taco de basebol nas ventas me lembro do k me tinha eskecido em casa...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

... O NECESSAIRE!!!!

 

 

PS - Não, n sou loira. Só tenho umas madeixas e já são velhinhas.

 

Estrunfina às 15:53
Link | Comentar AKI

Porrada nos Gajos...isso é kera

Um linchamento público era o k eles merecíam.

N se admite k os gajos do Intermarché de Armação de Pêra espetem, dia após dia, com 2 ou 3 tabuleiros de bolas de berlim e, ainda por cima, têm o displante de meterem o creme virado p a frt.

 

Trata-se de uma luta  invencível. Elas ficam ali com akele olharzinho de Bambi como k a gemerem... Estrunfina...Estrunfina...Help Me...Save Us....

É k uma gaja tinha k esperar todo o santo dia k a senhora da padaria atendesse as 30 pessoas k, em média, estavam à mha frt  p comprar pão.

Pão é um bem essencial!!!

Onde anda a ASAE kdo se precisa dela???? Devería existir um decreto lei kk k proibísse a mistura de bens de 1ª necessidade com BOLAS DE "BERLINDE" COM CREME.

Mesmo assim...resisti os primeiros 3 dias... ao 4º dia comi 2 (uma ao pekeno almoço e outra ao lanche) mas foi sob protesto. Protestei de tal maneira k fikei com akele creme nos cantos da boca em sinal de revolta.

 

E agora, agora é altura de gritar bem alto

 

 

 PS1 - No cantante fica uma das músicas k integram a banda sonora destas férias (D.Maroca - Rouxinol Fanduncho).

 

PS2 - N sei kual foi a opinião do pai da mha filha kdo ela lá xegou a cantar isto mas, pela ausência de comentários...n deve ter sido assim tão mau.

Estrunfina às 12:44
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)
Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008

I'M BACK!!!

Em breve o resumo de umas férias fantásticas, talvez as melhores de sempre!!!

Cumpri uma promessa e não acedi à internet durante as férias. Confesso k tive mtas saudades aki do cantinho mas, férias são férias .

Agora

 

See You Soon

 

Estrunfina às 23:35
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)
Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008

Encerrado para Férias

Estrunfina às 16:26
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)

As coisas k uma gaja descobre sobre a vizinhança

 

 

Estrunfina às 14:30
Link | Comentar AKI

Definitivamente...A tradição já n é o k era

Estrunfina às 11:10
Link | Comentar AKI

Já cá faltava

Primeiro pk agra antes de comer kk coisa pergunta smp se tem "Mustela"...esta "Mustela

 

Segundo:

 

Aiiii Filha...tou a ficar velha!!!

 

 

Não tás nada, n vês k ainda tens as tatuagens e as maminhas grandes????

 

Estrunfina às 10:59
Link | Comentar AKI
Terça-feira, 5 de Agosto de 2008

Fim de Tarde à Beira Mar

Foi dia de ir buscar a princesa aos avós.

Gosto de ver o meu pai. Nunca tivémos uma relação mto próxima mas desde k o senti a partir passei a apreciá-lo mais.

 

Faz agora 7 anos (se n estou em erro) k recebi uma chamada a dizer p correr p o Hospital, o meu pai tinha tido "um ataque". Estava a dar aulas numa escola na Graça e levei a chamada à letra pois corri k nem uma louca, descendo as escadinhas de Alfama e só parando no Martim Moniz onde tive um rasgo de iluminação espiritual k me fez apanhar o metro.

Se na mha cabeça uma voz me dizia k tudo estaria bem e k já o iría encontrar na sala de espera, prontinho p eu o levar devolta a casa, o meu coração estava descompassado, apertado, dorido.

Kdo xeguei verifikei a gravidade da situação... estava nos Cuidados Intensivos e o prognóstico era resevado. Cirurgia, triplo bi-pass, imensas complicações no pós-operatório...perdi a conta às vezes k kuase o perdi nakela altura. Lembro de pensar k ele n iría conhecer o meu filho. Lembro de chorar copiosamente por isso.

Lembro de passar tempos infinitos na beira da cama, a reparar em todos os promenores dele: os olhos, as pestanas, a imensidão de pelos no corpo (kual Tony Ramso kual k?!), as mãos... akelas mãos k o tempo foi diminuindo nas minhas.

Depois de mto lutar, venceu com dificuldade o grande obstáculo k a vida lhe colocou. Ficaram as sekuelas... o falar e o andar arrastado, a perda de discerenimento e as cicatrizes no corpo. As indicações médicas n eram mto animadoras. O k havia a fazer estava feito, n podería voltar a ser operado por isso se as artérias entupissem de novo... Foram as reticências mais duras k já ouvi.

Passaram 7 anos. A neta nasceu e já vai a caminho dos 5 anos.

Voltou a assustar-me há 3 anos atrás mas, safou.se de novo p conseguir manter as suas tardes de cartadas e jogos de damas.

Agora anda de novo mto cansado por isso fico feliz kdo lá vou e o vejo a sorrir a na brincadeira. Fico deliciada ao ver a mha filha no seu colo, a xuxar no dedo e remexer-lhe na orelha.

O meu pai foi kem nos deu o gene do sentido de humor. A mha mãe tinha ido ao wc kdo Nosso senhor distribuíu essa kualidade. Ainda hj brincamos. Despedi-me dele a dizer p  deixar de ler a Playboy pk pelos vistos o coração dele já n aguentava essas coisas. respondeu-me k ali (apontando p a breguilha) já n morava ninguém mas k tinha cumprido bem a sua parte. A ver por mim e pela mana... o meu pai tem esperamatozóides abençoados.

 

Anyway... gostei de o ver.

 

 

Kdo saí lá de casa, com a mha piolha no banco de trás decidi rumar à praia. Felizmente, é raro termos tempo de qualidade só nosso. Há sempre amigas por perto. Mas hj...hj o tempo foi só nosso. No caminho cantámos a plenos pulmões o "Amanhã de Manhã" das Doce (parece k uma das auxiliares lá da escola costuma passar a música e ela, sabe-a toda) e o Despenteia e outras brasileradas k, de tanto ouvir no carro, já sabe de cor.

Chegadas às praia, fomos direitinha p dentro de água e akilo é k foi encarkilhar os dedos a saltar ondas. Dps foi tempo de geladinho na esplanada.

 

Já o sol ía baixinho kdo viémos embora.

 

 

Fui agora mete-la na cama depois de a deixar adormecer nos meus braços aki no sofá, enkto via TV.

E agora vim aki, dizer k hj sinto o coração kentinho.

Estrunfina às 00:13
Link | Comentar AKI
Domingo, 3 de Agosto de 2008

Bolas Pahhh...Abençoado pneuzinho

É hj e de hj n passa.

E vamos lá a isto k já se faz tarde.

 

Nunca fui uma moçoila magrinha. Sempre fui dada a curvas mas, devido à actividade desportiva k sempre pratikei nunca fui gorda e sempre tive um corpo atlético mantendo ainda hoje uma consideravel massa muscular. No entanto, a mha auto-imagem sempre foi a de uma miuda gorda pk a mha santa mãezinha smp se esforçou por me transmitir um bocado essa imagem.

Kdo casei, o meu estilo de vida mudou pouco, por isso n engordei akilo k seria de esperar.

Continuava a dar aulas no ginásio mas fui desenvolvendo a maravilhosa técnica profissional do "Faz o k eu mando e Cala-te" permitindo-me gradualmente diminuir o meu esforço nas aulas k dava. O facto de não ser uma grande fã de exercício de ginásio tb n ajudou.

Convenhamos k, kdo se xega aos 30, se trabalha o dia inteiro, se cuida da casa e da filha, já n se tem assim tanta pica p xegar ao ginásio e dar 2 aulas a bombar.

As futeboladas foram desaparecendo, as jogatanas de ténis, de volei, de basket... foi tudo sendo engolido pelo consumo de tempo p outras coisas (principalmente trabalho).

Há cerca de ano e meio e devido a um sem número de distúrbios pelos kuais passei, estava com o peso ideal para a mha altura (segundo akelas tabelas médicas k analisam o Índice de Massa Corporal) e logo a seguir consegui atingir a estabilidade k tanto procurava na mha vida. A meu ver, evoluí como pessoa e consegui perceber k a felicidade está nas pekenas coisas da vida e nos pekenos GRANDES prazeres k a vida nos oferece.

Eu adoro uma mesa farta, xeia de amigos e morangoskas a acompanhar. Sou akela gaja k faz Kms p ir comer o "tal" leitão, ou o "tal" cozido, ou "akele" fondue. São factos e contra factos n há argumentos.

Ao invés de pensar na balança, passei a disfrutar livremente dos risos, das gargalhadas e da comidinha k me delicía, recorrendo essencialmente a grds petiscadas entre amigas. Daí até à balança acusar os danos foi um passo.

Estranhamente, dei cmg com record pessoal de peso, a olhar ao espelho e a achar-me o máximo. Em tempos, e a pesar um peso inferior, senti-me uma baleia em frt ao espelho.

Apesar dos apontamentos das amigas e das não amigas, continúo a achar-me o máximo.

Só me tenho chateado mm a sério por causa da kuantidd de roupa gira k ali tenho e k n me serve.

No entanto, parece k algumas pessoas sentem algum tipo de prazer em TENTAR fazer com k os outros se sintam mal. É akela malta k se deleita com paneleirices meskinhas. Não sou de levar as coisas mto a peito. Sou a primeira a brincar com os meus pneuzinhos mas há akeles comentários k nos fazem comichão nas nádegas e k nos fazem sentir os pelos das verilhas a desencravar de tão ouriçados k ficam. Well...desta vez já ía preparada e assim k ouvi o "Ena ena... k grande k estás!!!!" com akelas bracinhos a abrir e fechar simulando as mhas ankinhas roliças a virarem um mini-cooper, saltou.me logo um desdenhado: "Vê lá k mm assim continúo mais gira k tu" (e n menti, atenção!!).

 

Aí há tempos li algures k a Marilyn Monroe vestia 42 ou 44. E olhem k até acredito k sim.

 

 

Infelizmente, esta sociedade vive de uma imagem completamente distorcida da realidade. Veja-se isto (já aki blogado anteriormente)

 

 

 

e isto (retirado ali da Blogotinha)

 

 

Nota:

Conversão das Medidas Americanas em Europeias: Size 16 = 46; Size 12 = 42; Size 8 = 38

 

 

E depois uma gaja saudávelzinha, sem pontinha de colesterol e com uma tensão até a atirar pó baixa tem k levar com observações pouco felizes de malta ressabiada.

Claro k n me importava de ter menos gordurinha e até tenho ali uma data de comprimidos caríssimos p emagrecer. Mas pk raio é k tenho k tomar comprimidos p agradar aos outros???

EU SINTO-ME BEM e não tenho kk problema de saúde (à parte de agora me dizerem k ressono de vez em kdo) nem prespectivas ou indícios de vir a ter.

Hoje encontrei estas fotos da Madonna.

 

 

A mulher k toda a gente diz estar maravilhosa p a idade k tem, está visivelmente anoréctica e, sem maquilhagem, está um verdadeiro susto. Aliás, ela n está um susto, ela está igual a si própria e ao comum dos mortais k acorda e sai de casa sem se arranjar devidamente.

Ela pode bem ser um versão anoréctica de mim própria, a ir hj abrir a porta à senhora k limpa as escadas aki do prédio.

Se realmente se confirmar a tese, o único problema  é a Madonna estar anoréctica e, como tal, doente. E se isso for verdade, então fico mesmo preocupada pk gostava de a ver no dia 14 de Setembro em todo o seu esplendor.

 

Já tenho pensado se este meu deleite com boa comida n será tb um distúrbio. Depois de pensar os 30 segundos habituais k dedico às grds kestões filosóficas da vida, axo k n apesar de ekuacionar k possa ser uam espécie de camuflagem de mais um sinal de rebelião p com as teorias maternas k me enclausuraram até aos 30. 

 

Ok...tenho dito. Ufff..k canseira...axo k me vou deitar outra vez. Talvez coma uma tostinha de keijo e banana, antes de ir

Estrunfina às 19:31
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (8)

A loucura

Só p k conste, e depois da filha ter pedido p dormir em casa dos avós, eu hj consegui dormir até ao meio dia e meia, mesmo depois da Vodafone me ter mandado um sms às 10 a dizer k a PUTA da factura electrónica já estava disponível e mesmo depois da senhora k limpa as escadas cá do prédio ter vindo às 11h ter com a Srª Administradora, EU (breve pausa p chorar a rir), para receber e dizer k precisava de detergentes.

 

Contra tudo e contra todos eu continuei a voltar pá cama e a conseguir adormecer. Só me dei por vencida kdo a mha mãe ligou a pedir a receita das pankekas pk a mha filha tava com desejos. Venhamos e convenhamos, disfarçar a voz p n se perceber k ao meio dia e meia eu ainda dormia, lembrar-m da receita e falar com a mha filha foi demasiado.

 

Mas...

 

Depois de ir almoçar, deitei-me na cama e dormi a tarde inteira, acordando por volta das 18h com a cara xeia de baba.

 

 MEREÇO, NÃO MEREÇO???

 

 

Estrunfina às 18:48
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (3)

Creative Commons License
Estrunfinices by Estrunfina is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Últimas Estrunfinices

OBRIGADA!!!

Por fin...

Catarse!!!

Nem mais!

Há coisas do caraitas!!!

4655 Dias de TI

RESPECT!!

A primeira aula da manhã

Suspiro FUNDO

Quer-me cá parecer que...

Baú das Estrunfinices

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Aldeia dos Estrunfes

O Divino em MIM

 

A MINHA FILHA.  O calor do sol a keimar o corpo num dia de praia. Um mergulho de mar ao luar.  Os sorrisos.  Morangoska granizada. Akela música, no momento certo.  Andar descalça sobre a relva.  O cheiro da terra molhada.  Dream Team Forever Marés vivas num dia de Inverno.  O nascer de um novo dia.   Akele olhar.  Chamusca.  Pego Escuro. Correr na praia e espantar as gaivotas.  Um sussurro k faz bater forte o coração.  O suspiro da minha filha kdo dorme.  A saudade. Gargalhadas.  A gargalhada dela.  Licores.  Avistar Lisboa da Ponte 25 de Abril.  Gelado de Dolce de Leche.  Os ABRAÇOS k transbordam a alma.  O microfone. Quando os meus alunos "Conseguem".  Andar de mão dada. Cócegas.  "AMO-TE".  Petiscadas.  A atracção.  Ilha deserta.  Sentir a minha filha dentro de mim.  Dançar.  Pasteis de Nata.  O carinho de ex-alunos. O silêncio.  O céu estrelado de uma noite quente no Alentejo.  As minis à varanda, a ver o mar. DREAM TEAM FOREVER.  O carinho da família.  Banho de mar "em pêlo".  As bolachas da mana.  A fogueira da Praia Verde.  Ver a minha filha aprender algo novo. Porto Novo.  Rir até chorar. Serra de Sintra.  Os primeiros passinhos.  Ver raios de sol "furarem" o céu nublado.  AMIG@S.  Ouvir o bater do coração.  Olhar nos olhos.  Vimeiro.  Uma massagem.  Cheirinho a casa limpa.  Golo de Portugal. O Guadiana.  Orgasmo.  Ver o pôr-do-sol sabendo k ele nasce noutro sítio ao mesmo tempo.  Amamentar.  O céu azul.  Noite quente à beira Tejo.  Papoilas.  Cheiro a maresia.  Sardinhas assadas.  Alcançar.  O brilho do sol reflectido na água.  Gaivotas.  Fazer amor na praia.  O cheirinho k fica na roupa dela .  Acordar.  Fazer "Koys" enroscadinha a ela debaixo do edredon.  Cataplana de Lagosta.  A minha filha bébé adormecer sobre o meu peito enkto mexia na mha orelha.  Lua Cheia.  Panquecas às 3 da manhã.  O Cristo Rei.  O cheiro da pele depois de fazer amor.  A casca do pessego.  A "minha" estrela.  O toke. Pistacios.  Correr com ela na praia.  As boas conversas.  Girassóis.  Concertos dos Bon Jovi. Chorar até tirar o peso do peito.  Cantar.  Coca-cola.  Rezar.  Guincho. Todas as "Good Nights".  Margarita de morango a meio da tarde na esplanada do Siesta.  Frio na barriga. Orgulho.   Dormir numa cama feita de lavado.  Beijo com língua.  Golo do Benfica.  Uma garrafa de Grandjó geladinha.  A primavera no Alentejo.  Lareira.  Póvoa Dão.  Voar.  A carta certa num jogo de Poker.  Jantar à luz das velas.  Caracóis.  Ganhar no último minuto.  Uma viola, uns acordes e amigos. Beijos no pescoço.  O 1º "Mamã".  Ver a balança a baixar.  Um cigarro ao luar.  Cheirar protector solar no Inverno.  Bolas de sabão. Fazer mergulho.  Trovoada de Verão numa noite à beira mar.  O 1º beijo.  Banho de espuma e pétalas, música certa e luz de velas. Dormir a sesta.  Lisboa à noite vista do ar.  Ramos de rosas.  Ferreira.  O sabor da água salgada na pele.  Ouvi.la cantar a plenos pulmões quando vai à pendura na mota. O vôo da cegonha.  Os jogos em "Miami Beach".  APRENDER.

 

 

 

blog1