My Moments
Loading...
Click here to create your own QuitSmokingCounter.com
Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

Já não me importava nada....

Estrunfina às 00:26
Link | Comentar AKI

Momento "WhaTaFuck"

Ao jantar comendo descontraidamente um pratinho de canja:

 

"Os meninos têem uma pilinha e as meninas têem um pipi"

 

Estrunfina às 00:09
Link | Comentar AKI
Segunda-feira, 25 de Junho de 2007

E lá se foi a dieta...

Entre o excelente casório de sábado e este rodízio brasileiro...

 

 

 

...N há Fat Blocker k me valha!!!

 

PS - Impressão mha ou as mhas mamas ficaram um bocado assimétricas???

PS 2 - Akela já era a segunda morangoska. Deliciosasssssssss (Restaurante Sabor Mineiro na Charneca da Caparica)

 

Oh diazinho deliciosooooooooooooooooooooooooooooo........................

Estrunfina às 23:03
Link | Comentar AKI

Ufffffffffff

 

Trabalho, rambóia (mtaaaaaaaa) e novos projectos estão a consumir o time aki da bixinha mas... Arrebimbando no malhinho a malta vai conseguindo.

Basicamente ando a cair pó lado de tão cansada que tou mas ando nas nuvens. Kem corre por gosto...

A vida corre e corre bem. Que mais se pode desejar???

Aparentemente existem 70% de hipóteses de vir a ser "tia" duma menina. Das duas uma: ou é gaja ou vou ter um sobrinho com grandes probabilidades de ser eunuco. Errrrrrrrr... escolho a primeira sff.

Amanhã vou armar-me em boa e fingir que não trabalho.

 

Psssssssssttttt...  Heiii gajooooo

 

 

Manda um solinho para mim, ok??? Thanks!!

 

Estrunfina às 00:34
Link | Comentar AKI
Quarta-feira, 20 de Junho de 2007

Kem será @ 20 000????

Akdo da visita nº 10 000 a vencedora foi contemplada com um jantareco à beira Tejo.

A visita 20 000 k se acuse.

 

Kero no entanto aproveitar esta ocasião p agradecer à malta k visita aki o cantinho.

 

Tenho muito gosto no espaço k criei. Retrata.me, ekilibra.me...é, mtas vezes, um escape, um refúgio.

 

Faço.o para mim mas fico muito feliz por perceber que há "muita" gente (tendo em conta a expectativas iniciais) a visitar e a regressar frekuentemente.

 

Mesmo usando esta língua difícil de perceber, o Estrunfês o ké certo é k já cá param mais de 19 000 visitas e ainda nem um aninho de actividade se pode contar no bixinho (tá kuase!!).

 

Thanks a lot, Estrunfes!! Sei k a maior parte tem os dedos das mãos fracturados e por isso não pode comentar por isso desejo as melhoras para todos.

 

Kisses & Love

 

Estrunfina às 23:01
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (5)
Terça-feira, 19 de Junho de 2007

Os exames nacionais

Estamos em época de exames.

Vejamos o caricato:

 

Um aluno inscreve-se num exame de equivalência à frequência de 12º ano.

Um professor trabalha algumas (largas) horas na realização do exame.

Um funcionário tira cópias do mesmo e outro trata das burocracias administrativas relativas à inscrição do aluno.

O secretariado de exames preocupa-se em arranjar uma sala de acordo com as indicações do Ministério para k o aluno possa realizar o exame.

São requisitados 2 professores para vigiarem o exame e 2 professores são requisitados como suplentes dos vigilantes (n vá o Diabo tecê.las)

É requisitado um professor coadjuvante da disciplina a examinar (N vá o aluno ter alguma dúvida durante o exame ou o exame ter alguma gralha)

No dia do exame....

.

.

.

.

.

.

.

.

... o gajo balda-se!!!

 

   TÁ CERTOOOOOOOOO!!!

 

 

Estrunfina às 23:08
Link | Comentar AKI
Segunda-feira, 18 de Junho de 2007

18 do 6

Sendo o 6 e o 18  os meus números preferidos...

 

HOJE PARECE-ME UM ÓPTIMO DIA PARA SER FELIZ!!

 

Estrunfina às 22:17
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)
Domingo, 17 de Junho de 2007

Um dia alucinante

Depois de dormir apenas 4 horas e meia e de ter acordado com o pescoço dorido da rockalhada do dia anterior (já tinha saudades do Plateau à sexta feira) vá de tomar banho e ir a correr às compras p fazer a sobremesa prometida. A ocasião era o almoço de despedida do "nosso" estagiário Cabo Verdiano e, nem mais... Cachupa (K sa f... a dieta! Cachupa é cachupa e n se nega NUNCA!)

Depois vá de sair a correr p ir assistir à festinha da boneca. Acabada a festa e feitas as despedidas, vá de vir p casa tentar dormir um cadinho p preparar a night (sem resultados práticos...o tlm n parou).

Depois... ahhhh depois...

 

 Olhó trailler p babar...

 

Depois de consolar os olhos, hora de consolar o estrômago e, mantendo o nível internacional do dia. À noite fui escoltada ao k me venderam como o melhor Japonês de Lisboa. Do que pude provar até agora, foi o melhor sim. Recomendo.

Depois... foi dar largas à voz e ao corpo

 

E agora alguém pode esbofetear.me o cérebro e fazê.lo perceber que é possível a kuase todas as pessoas dormirem mais k 5 horas por noite????

Estrunfina às 15:49
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)

Uma mãe mtoooooooo babada

E lá fomos ver a NOSSA princesa.

Pela primeira vez o pai também assistiu à festinhada escola. No ano passado os 250Km k os separavam e o facto de ter sido durante a semana impediram o pai de assistir à sua estreia como actriz, e logo no papel de protagonista - Carochinha, e no ano anterior a festa coincidiu com uma viagem ao estrangeiro.

Embora viesse a dormir, logo ficou toda contentinha assim k nos viu aos dois, juntos, na escola. Embora saiba como as coisas são e lide muito bem com isso, uma vez que nunca fez birras kdo vem ou vai com o pai, a verdade é k, naturalmente, fica muito feliz quando pode disfrutar da nossa presença em simultâneo.

Foi impossível fazer a prova do fato até à hora do teatrinho por isso, estava a modos k em pânico.

Enkto os mais pikininos actuavam ela espreitava pela porta e dizia.nso adeus e mandava mtos beijinhos. E era tão hipnotizante vê.la assim feliz que tudo o resto parecia desaparecer à mha volta.

Depois foi a altura de vestir os fatos e, a mãe teve k ir ajudar a vestir. Foi com algum tristeza k verifikei k 80% dos ramos k tinha prendido no tronco, já eram (os outros 20% cairam antes dela "subir ao palco". Anyway... de todas as árvores (eram 4) ela era a mais linda.

Depois o desempenho...ufffffffffff...brilhante.

A única deixa que tinha eu não consegui ouvir mas, ouviu-se claramente quando no meio do teatro ela disse, xeia de confiança e com uma excelente colocação de voz

 

"Paulinhaaaaaaaaaa, kero água"

 

 

Fui eu k fiz

 

Estrunfina às 14:59
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)
Sábado, 16 de Junho de 2007

Sta Benedita sem tempo para descansar

Vale a pena!!!  A versão Indiana do Thriller do Michael Jackson. Tenham medo...mto medo!!!

 

 

Não consigo tirar o keixo de cima da barra de espaços.

 

Ps - Destaco o excelente trabalho de caracterização

Estrunfina às 12:03
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)

Post Scriptum do post anterior

    A mha mana é a mai lindaaaaaaaaaaaaa!!!!.

Pois k despaxou o trabalhinho entre o aeroporto e o Colombo. Agora cabe.me a "difícil" e penosa tarefa de decorar a coisa e já tratei de ir serrar uns ktos ramos das árvores aki da rua. A mha vizinha do 2º Dto é k já n tira da ideia k o demónio se apoderou definitivamente deste meu ser, em tempos tão puro e kela viu nascer.

 

 

Estrunfina às 05:12
Link | Comentar AKI
Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

No k toca a manualidades...

Dêem.me o peixe, n me ensinem a pescar.

Já n tenho idade p isso, principalmente kdo toca a costura.

Assim, vou buscar a mana ao aeroporto e já a convenci a a fazer o fato no trajecto k separa o aeroporto e o local onde ela tem o carro.

 

Mim esperta!!!!

 

Estrunfina às 18:33
Link | Comentar AKI

A Festa da Escola

Há k começar este post dizendo k sou uma"criança" traumatizada.

Dito isto, passo a explicar:

No tempo k fui estudante, havia uma disciplina fantástica no "Preparatório" (5º e 6º ano) chamada "Trabalhos Manuais". Já no 7º, 8º e 9º já eram coisas mais específicas onde poderíamos optar (de acordo com a oferta que a escola tinha). Foi aí k conhecí mundos fantásticos como o da Electrotecnia, da Mecanotecnia e dos Texteis.

Tentando resumir essas experiências numa só frase, repito:

 

SOU UMA CRIANÇA TRAUMATIZADA.

Ainda me lembro de andar de fato de macaco nas aulas de Mecanotecnia e de ser a responsável pela oficina, onde tinha k fornecer as ferramentas aos colegas. Foi nessa altura k parti uma grosa por estar a tocar bateria com ela e tive k a camuflar mto bem camufladinha no topo do armário. Ainda hj tenho pesadelos com o Prof. Amílcar que me grita "Como é k partiste isto???" enkto acumula saliva branca nos cantos da boca.

Anyway, isto tudo p dizer o k???

Aki perante o mundo virtual eu me confesso:

 

SOU UMA NABA EM TRABALHOS MANUAIS!!!

 

Fartava.me de começar projectos mas n conseguia terminar nenhum. No ano em k tive texteís comprei até um kit com tudo preparadinho p fazer um ratinho de pano. O resultado final era de bradar aos céus. Acabava por ter positiva mais pelo esforço e empenho do k pelos (miseráveis)resultados.

Ora isto podería até nem ser grave. N viesse eu de uma família onde as gajas são artístas em fazer calças, cortinados, bricolages e coisas do género. Mas já consegui ultrapassar a coisa o suficiente p assumir esta mha condição de NABA k pouco ou nada sabe de termos como "franzido", "prega", "pendant", "alinhavos" ou "presponto".

E pk esta conversa hj???

Pk amanhã é a festa da escola da mha filha e, pela primeira vez, os pais ficaram responsáveis pelos fatos dos filhos. E a mha filha é, nem mais, nem menos k (xarammm) uma árvore.

 

 

Ora imediatamente o meu cérebro encontrou a solução p o meu grave problema: MANA.

Pois n é k a estúpida parva caramela tótó tontinha está inconvenientemente a trabalhar esta semana nos Açores???

Digamos k já fiz uma tentativa p fazer o tronco e arruinei de imediato o material k tinha comprado. Agora vou ter k esperar k a loja abra p poder ir comprar mais. Prometo postar uma foto do resultado final. Entretanto, deixem.me dasabafar:

 

%&(/&)=?)=»»(=/&% ^ DA  /(&#*`ª()/&$ DA FESTA.

Estrunfina às 08:19
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

Chuva?!?!?!?

 

Qual é a parte da palavra JUNHO k n percebes, hei S.Pedro??????

E já agora, kdo é k percebes k, kdo tenho roupa estendida é pk kero k ela seke????

Estrunfina às 23:21
Link | Comentar AKI

Em cima do joelho

Começo a axar k n há volta a dar. Sou mesmo dakelas pessoas k deixa tudo p a última e depois anda à raskinha (esta expressão mata-me) p ter tudo pronto a tempo.

O facto de ser um bocadinhozinho...ito  preguiçosa deve ter alguma influência mas, nos dias k correm, axo k as P... das mhas hormonas tb me andam a dar cabo da vida.

E esta dieta tá a sair.me uma bela de uma trampa...n vejo os resultados k keria e tou farta de comer relva e mijar fazer xixi como se o mundo fosse acabar. Começo a ficar um bocado irritadiça!!

 

 

P compor o ramalhete, tenho uma mãezinha de um aluno a melgar.me a cabeça k juro k tenho vontade de lhe oferecer um vibrador a ver se akilo lhe passa. Oh gentinha burra e prepotente.

Amigas do meu coração, kdo eu estiver a ser uma mãe parva, nhónhó e/ou atramoxada, por favor, agradeço k me preguem uma par de estalos e me sacudam barbaramene até k o demónio saia deste corpinho. Aki a Je agradece desde já a atenção.

Estrunfina às 22:58
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)

Oh Valha.me Sta Benedita

Faltam.me as palavras p descrever este vídeo.

Estrunfina às 22:02
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (2)
Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

As verdadeiras...

...Coisinhas Sexys

 

 

 

São artistas portuguesas... n há dúvidas!!

Estrunfina às 21:55
Link | Comentar AKI

Quem não tem cão...

...caça com gato.

 

Já k tenho k comer legumes (o k no me gusta mucho) k os coma com estilo.

Pegando numa ideia da Fascista ali do lado fiz o seguinte jantarinho Fat Free

 

Peito de Frango aos pedaços

Cebola

Cenouras

Courgettes

Beringela

Milho

 

Tudo pa dentro do tacho, cobre-se com leite e tempera-se com sal e caril.

Tava delícia!!!

 

 

Deixo a foto da Beringela, vítima de homicídio às mãos desta vossa humilde serva.

 

Estrunfina às 21:33
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (4)

Afinal há esperança

Segundo um colega do trabalho, o porco da índia (Kuy) é uma especialidade gastronómica do Perú.

 

 

Haja malta com espírito de entreajuda. Isso é k se ker.

Estrunfina às 13:13
Link | Comentar AKI

Balanço da Noite do "Tony"

Ora como noite de "Santo" k se preze, a noite de S. Tony foi passada, na sua maior parte, a andar nas ruinhas dos bairros típicos lisboetas. Abençoada a hora k fui de ténis (até pk o Metro k me devería levar até aos Restauradores, n foi além do Marquês, o k fez com k ontem andasse Kms. Olha smp deu p "ver" (ouvir é mais correcto) as Marchas na Av. Liberdade.)

 

 

As sardinhas souberam.me maravilhosamente bem. Depois de fazer o balanço do jantar, axo k nem foi mto mau. O problema foram mm as 3 fatias (fininhas de pão) e as 2 cokes. Adiante...

Ainda abanei a ankinha no bailarico k havia ao pé da Casa dos Brox Bicos mas n fui eu k conduzi a dança...limitei.me a abanar a ankinha pó mm lado k o pessoal k tava à volta (o espaço n dava p mais) ao som de uma sexagenária  buuuuunita k cantava até kdo n mexia a boca, k tinha um coro invisível formidável e cujo baterista tocava maravilhosamente bem, mm kdo tava de braços cruzados com cara de poucos amigos.

Anyway...uma noite sem avarias e mto agradável. Axei apenas k o meu "radar" só podía tar avariado, pk apitou a noite toda k nem um louco.

O pior foi de manhã. É k na mha terra n é feriado e vá de ir bulir logo às 8.15.

Agora. venha de lá esse weekend pá malta abanar a ankinha mais um cadinho (a frustração é kela agora só abana pós lados )

 

 Este já tá...agora venha o Jokinha.

 

PS - Em jeito de bailarico continuamos com a música preferida da mha filha (Coisinha Sexy - Ruth Marlene). Aguentem-se!!

 

 

Estrunfina às 11:21
Link | Comentar AKI | Ver Comentários (1)

Creative Commons License
Estrunfinices by Estrunfina is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Últimas Estrunfinices

OBRIGADA!!!

Por fin...

Catarse!!!

Nem mais!

Há coisas do caraitas!!!

4655 Dias de TI

RESPECT!!

A primeira aula da manhã

Suspiro FUNDO

Quer-me cá parecer que...

Baú das Estrunfinices

Maio 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Aldeia dos Estrunfes

O Divino em MIM

 

A MINHA FILHA.  O calor do sol a keimar o corpo num dia de praia. Um mergulho de mar ao luar.  Os sorrisos.  Morangoska granizada. Akela música, no momento certo.  Andar descalça sobre a relva.  O cheiro da terra molhada.  Dream Team Forever Marés vivas num dia de Inverno.  O nascer de um novo dia.   Akele olhar.  Chamusca.  Pego Escuro. Correr na praia e espantar as gaivotas.  Um sussurro k faz bater forte o coração.  O suspiro da minha filha kdo dorme.  A saudade. Gargalhadas.  A gargalhada dela.  Licores.  Avistar Lisboa da Ponte 25 de Abril.  Gelado de Dolce de Leche.  Os ABRAÇOS k transbordam a alma.  O microfone. Quando os meus alunos "Conseguem".  Andar de mão dada. Cócegas.  "AMO-TE".  Petiscadas.  A atracção.  Ilha deserta.  Sentir a minha filha dentro de mim.  Dançar.  Pasteis de Nata.  O carinho de ex-alunos. O silêncio.  O céu estrelado de uma noite quente no Alentejo.  As minis à varanda, a ver o mar. DREAM TEAM FOREVER.  O carinho da família.  Banho de mar "em pêlo".  As bolachas da mana.  A fogueira da Praia Verde.  Ver a minha filha aprender algo novo. Porto Novo.  Rir até chorar. Serra de Sintra.  Os primeiros passinhos.  Ver raios de sol "furarem" o céu nublado.  AMIG@S.  Ouvir o bater do coração.  Olhar nos olhos.  Vimeiro.  Uma massagem.  Cheirinho a casa limpa.  Golo de Portugal. O Guadiana.  Orgasmo.  Ver o pôr-do-sol sabendo k ele nasce noutro sítio ao mesmo tempo.  Amamentar.  O céu azul.  Noite quente à beira Tejo.  Papoilas.  Cheiro a maresia.  Sardinhas assadas.  Alcançar.  O brilho do sol reflectido na água.  Gaivotas.  Fazer amor na praia.  O cheirinho k fica na roupa dela .  Acordar.  Fazer "Koys" enroscadinha a ela debaixo do edredon.  Cataplana de Lagosta.  A minha filha bébé adormecer sobre o meu peito enkto mexia na mha orelha.  Lua Cheia.  Panquecas às 3 da manhã.  O Cristo Rei.  O cheiro da pele depois de fazer amor.  A casca do pessego.  A "minha" estrela.  O toke. Pistacios.  Correr com ela na praia.  As boas conversas.  Girassóis.  Concertos dos Bon Jovi. Chorar até tirar o peso do peito.  Cantar.  Coca-cola.  Rezar.  Guincho. Todas as "Good Nights".  Margarita de morango a meio da tarde na esplanada do Siesta.  Frio na barriga. Orgulho.   Dormir numa cama feita de lavado.  Beijo com língua.  Golo do Benfica.  Uma garrafa de Grandjó geladinha.  A primavera no Alentejo.  Lareira.  Póvoa Dão.  Voar.  A carta certa num jogo de Poker.  Jantar à luz das velas.  Caracóis.  Ganhar no último minuto.  Uma viola, uns acordes e amigos. Beijos no pescoço.  O 1º "Mamã".  Ver a balança a baixar.  Um cigarro ao luar.  Cheirar protector solar no Inverno.  Bolas de sabão. Fazer mergulho.  Trovoada de Verão numa noite à beira mar.  O 1º beijo.  Banho de espuma e pétalas, música certa e luz de velas. Dormir a sesta.  Lisboa à noite vista do ar.  Ramos de rosas.  Ferreira.  O sabor da água salgada na pele.  Ouvi.la cantar a plenos pulmões quando vai à pendura na mota. O vôo da cegonha.  Os jogos em "Miami Beach".  APRENDER.

 

 

 

blog1